Ícone do siteBlog dr.consulta

Exame papanicolau: pra quê serve e quando deve ser feito?

A grande maioria das mulheres sabe a importância de ir ao ginecologista regularmente para avaliar o corpo e, mais precisamente, a sua saúde íntima.

Porém, poucas mulheres conhecem os importantes exames que são feitos nessas consultas de rotina — entre eles, o Papanicolau.

Por desconhecimento, esse exame ainda é cercado de mitos e dúvidas, mas ele é muito importante para a detecção de doenças, como câncer do colo do útero, cervicite (inflamação do colo do útero) e outras infecções..

Neste artigo, você entenderá o que é o Exame Papanicolau, para quê serve, como e quando deve ser feito! Confira!

O que é e por que fazer o Exame Papanicolau

Cientificamente denominado citologia oncótica do colo do útero, o exame Papanicolau é um dos mais importantes exames para a saúde da mulher. Ele é feito por meio da coleta de material, que acontece com uma pequena raspagem do colo uterino, além do exame genital visual.

Dessa forma, é possível observar e diagnosticar anormalidades nas secreções e infecções vaginais, como candidíase e doenças sexualmente transmissíveis — clamídia, sífilis e gonorreia, por exemplo.

Além disso, é possível identificar lesões que podem evoluir para câncer de colo de útero. Se a doença for diagnosticada precocemente, tem grandes chances de cura.

Como é feito o exame

Muitas mulheres deixam de fazer o Exame Papanicolau, pois desconhecem como ele é feito ou por medo. A verdade é que esse é um exame simples, feito em uma consulta ginecológica de rotina e não dura mais do que 2 minutos!

Confira como é realizado o Exame Papanicolau:

Preparação

Dois dias antes do exame, a mulher deve evitar as relações sexuais envolvendo qualquer tipo de penetração, e não fazer uso de duchas, pomadas, cremes e medicamentos na região da vagina. Exames de toque também devem ser evitados.

É importante também que a mulher não esteja no período menstrual — ou tenha ficado menstruada recentemente. Nesses casos, o útero descama naturalmente, prejudicando o resultado do exame.

Durante o exame

Em posição ginecológica, o médico(a) fará o exame genital, avaliando a vagina e o ânus, observando se há algum corrimento ou anormalidade.

Em seguida, introduz-se um espéculo (também chamado de bico-de-pato) para afastar as paredes do canal vaginal e chegar ao colo do útero com mais facilidade.

Então, com um instrumento parecido com uma pá ou espátula e uma escovinha, são colhidas descamações da parte interna e externa do útero. Essas células são enviadas para análise laboratorial.

Desmistificando o Exame Papanicolau

O Papanicolau dói?

Não. Geralmente, só causa dores se a mulher estiver tensa e com a musculatura da vagina igualmente enrijecida. Quando feito com cuidado e delicadeza causa, no máximo, um desconforto rápido. O auxílio da paciente deixando a musculatura relaxada é o grande segredo de um exame menos incômodo.

Mulheres virgens podem fazer o procedimento? E grávidas?

Todas as mulheres com vida sexualmente ativas devem fazer o Papanicolau, inclusive as grávidas.  Para as que ainda não iniciaram a vida sexual, o exame é feito com uma espécie de espéculo próprio e cotonete, preservando o hímen intacto, porém sua indicação é bastante específica.

Existe um período ideal para fazer o exame?

Sim. O ideal é que a coleta seja feita uma semana antes ou dez dias após a menstruação — para que o resultado não seja comprometido pela descamação natural do útero.

Qual a periodicidade que o exame deve ser feito?

O primeiro exame deve ser realizado entre o primeiro e o segundo ano do inicio das atividades sexuais. A partir de então, a mulher deve repeti-lo anualmente.

Mulheres sem vida sexual ativa atual podem fazer o exame a cada 3 anos se tiver os 3 últimos exames normais.

Viu só como o Exame Papanicolau está longe de ser esse terror que muitas mulheres acreditam? Mais do que isso: é um exame fundamental para garantir a saúde do corpo da mulher!

Agora que você sabe a importância do Exame Papanicolau — e como ele é simples —, que tal marcar uma consulta com o ginecologista e colocar a sua saúde em dia? Seu corpo agradece esse cuidado!

Quer saber mais sobre o outubro rosa? Então acesse nosso conteúdo “O que é o outubro rosa e como essa data pode te ajudar?” para responder todas as suas perguntas sobre esse assunto.

[more title=”Agende uma consulta com um ginecologista agora mesmo” link=”https://www.drconsulta.com/servicos/consultas/ginecologista”%5D